Morte à italiana.pdf

Morte à italiana PDF

Preparação do corpo do morto, velórios, fotos fúnebres, cortejos funerários, encomendações (ou missas de corpo presente), enterros, caixão, missa em intenção ao morto, luto ou finados. Enfim, temáticas com escassas pesquisas acadêmicas e tratadas ainda como tabu. Esta obra procura levantar e descrever diversos ritos funerários, praticados entre os católicos na cidade de Urussanga durante o século XX. Iniciados antes mesmo da morte, perpassando as práticas logo após a morte, como também posteriores ao enterro (dias, meses, anos ou décadas após o ato de sepultar), a pesquisa procurou apresentar e contextualizar esses vários ritos. Os cemitérios de Urussanga e sua relação com esses ritos também foram temas de pesquisa, sendo registrados dados sobre tais cemitérios como ritos comumente encontrados e também a frequência de visitação a esses campos-santos. Para a realização da pesquisa foram coletados depoimentos orais de moradores de Urussanga, além da documentação escrita, como livros tombos da paróquia, jornais e livros de registros do cemitério municipal. A imagem também foi uma fonte histórica utilizada na pesquisa, como a análise de fotografias fúnebres e dos cemitérios da cidade.

HERUNTERLADEN

ONLINE LESEN

DATEIGRÖSSE 6.11 MB
ISBN 9783330744592
AUTOR Julia Massucheti Tomasi
DATEINAME Morte à italiana.pdf
VERöFFENTLICHUNGSDATUM 05/02/2020

La morte, inoltre, viene ridotta a “malattia”, per cui il morente viene assegnato all’esperto, al “tanatologo”, che tratta il trapasso scientificamente, al di fuori delle emozioni, degli affetti del parentado, e senza le mediazioni rituali e sociali che servivano a elaborare il lutto.